Primeira revelação: Canon AT-1

Cá estou eu depois de muitos dias. As coisas seguem corridas, mas não posso reclamar. Muito trabalho para colocar em dia!

Hoje vim para mostrar o resultado da primeira revelação da amada Canon AT-1 – que agora ficou mais amada ainda! Gostei muito do resultado, mas chegar até ele não foi tão simples.

O primeiro problema foi na hora de colocar o filme. Não encaixei direito e então aquilo que todos que fotografam em analógica temem aconteceu: cheguei ao número 36 do contador para descobrir que o filme não estava rodando. Eu percebi mesmo que estava indo longe demais e que rodava com “pouco barulho“, mas como achei que estava bem encaixado, deixei… O problema é que ele soltou da bobina logo nos primeiros frames e eu não percebi. =/

Mas, após superar esse trauma, encaixei de novo e me certifiquei de que estava rodando (o que me custou alguns frames, como esperado). E aí o que eu levei quase um mês para fotografar antes, acabou em três dias, tamanha era a minha ansiedade.

Para esse primeiro teste, usei um Kodak Pro Image ISO 100, um filme bem básico. Como não sou fã de flash em nenhum momento do dia, puxei o filme para ISO 400, e o resultado ficou muito legal.

Agora, vamos às fotos!

54530005

Marido, sempre cobaia. <3

54530018

Um dia nublado e mesmo assim gostei das cores.

54530017

Foco não está 100% nessa, mas mesmo assim eu gostei.

54530011

Porque eu também gosto de aparecer nas fotos.

54530020

Algumas fotos ficaram bem escuras, mas não sei exatamente porque. De modo geral, me dei bem com o fotômetro dela.

54530022

Outra que eu errei um pouco a mão no foco. Mas gostei!

54530023

Dia nublado, ambiente fechado, luz natural. Focar em movimento com a Canon AT-1 não é muito fácil, mas quando se acerta o foto é preciso. A foto acima é outro exemplo de um erro que eu gostei.

54530026

54530027

Minha sogra quando pequenina do lado de um Papai Noel totalmente assustador, hahaha.

54530037

Minha favorita. Uma foto no meio da tarde, com sol muito muito muito forte!

54530034

54530031

54530030

Aqui as fotos também foram feitas em lugar fechado, de noite, com pouca luz.

54530029

É isso! Eu estou apaixonada por essa câmera. Agora comprei um Velvia para fazer processo cruzado. Também vou puxar o filme e ver o que sai. Feliz feliz feliz com essa compra.

A próxima busca é uma Canonet! :)

Câmera: Canon AT-1

Demorei para aparecer de novo. Tenho trabalhado (e fotografado) bastante, então, isso não é ruim. Estou com um filme pra pegar, um para revelar e três câmeras com filmes! Uma delas é a que eu venho mostrar hoje, o grande achado do coração. <3

Cameras-6

Eu já tinha falado aqui sobre a Canon AE-1, e como eu queria uma dessas. Nunca nem tinha pensado na “prima pobre“, o modelo similar, mas sem modo automático. Eis que ela aparece na minha frente, numa bela sexta-feira ensolarada: a AT-1. Existem alguns poréns sobre este encontro, mas isso eu vou discutir outro dia e em outro lugar (em breve!).

A grande questão é: achei!

Cameras-7

Como esperado, ela estava bem suja, no canto de um armário cheio de câmeras esperando por seus donos. Dei uma limpada, comprei bateria e comecei a fotografar. Ainda estou devagar e faltam alguns frames, então, outro dia eu trago o resultado.

Mas essa câmera é amor puro, minha gente! Ela foi fabricada a partir de 1976, no Japão.

Cameras-10

A pequena veio com a clássica 50tinha: 50mm, 1.8. Ou seja, novamente, amor puro.

Seu visual é muito clássico, corpo pesado, todo em metal. O barulho que ela faz é uma coisa de outro mundo, delicioso – não sei se sou só eu (e acredito que não seja), mas o barulho do espelho que as SLRs fazem é algo muito lindo.

Cameras-8

Ela tem modo B, temporizador e fotômetro discretíssimo no lado direito do visor. Estou bem ansiosa pelo resultado, pois estou adorando manusear a câmera. Gosto muito de lomos, mas trabalhar com uma câmera que me deixa controlar melhor o foco e o enquadramento é infinitamente mais gostoso.

É isso! Agora é acabar de fotografar e trazer logo o resultado. ;)

 

*Edit: mudei o visual do blog. Conheci o Vício Analógico e usávamos o mesmo tema, rs. Então vamos diferenciar. E visitar mais um blog sobre fotografia analógica. ;)