Sobre a perfeição

Home

Uma foto perfeitamente imperfeita. Canon AT-1 – Kodak Ultramax 400 to 1600.

Como faço todos os dias, ligo o computador antes de começar a trabalhar e passo por posts do Facebook, novidades no Twitter, alguns portais e o amado e necessário Feedly (novo amor desde o final abrupto do relacionamento com o Google Reader).

Uma das leituras de hoje foi o post de um blog famoso por dar ~prêmios~ na internet criticando um blog sobre um casal feliz. O Dele e Dela é realmente legal, com textos bem escritos, mixtapes e, o que eu mais gosto: fotos lindas. Isso me basta como inspiração.

Mas o blog famoso quis dizer que isso era uma “fabricação”, que “não existe”, que “ninguém é tão feliz assim” e deixou no ar a pergunta do por que as pessoas tem a necessidade de criar a sua felicidade para a internet… “O que vale mais? Viver uma vida feliz ou aparentar uma vida feliz?

Existe uma porção de coisas que eu posso dizer sobre isso…

A primeira delas é: por que tem que ser mentira? Por que a sua vida não é tão boa assim (e talvez nunca seja) e você não consegue aceitar que alguém tenha essa vida feliz. Mas essa questão leva para o lado do ~recalque~, tão na moda nesta rede mundial de computadores, e eu não quero ser tão simplista.

Então vamos à segunda coisa: por que uma pessoa não pode mostrar apenas o lado bom da vida? Desculpa aê, mas não quero, nem acho que ninguém quer, ver brigas e mazelas da vida dos outros. Isso eu guardo pra mim. Isso está no privado. Agora, uma foto bonita, de um momento feliz, não me importo em dividir. Aliás, gosto. E divido porque gosto de ver os momentos felizes dos outros também. E quem não quer ver os momentos felizes… bem, não me siga. Simples assim.

A terceira coisa é: qual o problema de ser um casal feliz, minha gente? E por que tudo tem que ser tachado como “perfeito“? Me doí com o post, é verdade, por já ter recebido críticas semelhantes. Não vivo uma vida perfeita, não tenho um casamento perfeito, não tenho uma casa perfeita nem um gato perfeito. E nem digo que os tenho. Apenas tenho uma vida legal.

Se ao ver o conteúdo dos outros você acha que tudo é perfeito a conclusão é sua, e tão somente sua. E então, amigo, quem tem que lidar com os problemas é você, que está buscando a perfeição e que, de fato, nunca vai encontrá-la.

A vida é muito mais simples que isso.
As vezes a perfeição de um dia está apenas naquele pedacinho de chocolate delicioso, que você come nos cinco minutos de folga que a vida te dá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *